Voz da Póvoa
 
...

Uma Póvoa Falecida ou Avisada

Uma Póvoa Falecida ou Avisada

16 Março 2020 | 16:38

A canção do Rui Veloso mudou o refrão: Não há gente na Terra. As estrelas no céu continuam lá, mas nem sempre se vêm. As pessoas também continuam por cá, mas preferem trancar a porta ao COVID-19.

No domingo, nem a chover ou com o norte a ventar, alguém se lembra de um passeio alegre tão triste. As outras ruas também se desabituaram de gente. Para o poveiro o seguro morreu de velho, por ter trocado o remediar pelo prevenir.
Os próximos dias vão ser gastos assim, nas artérias da cidade só correrá o sangue da gente pela necessidade de abrir a porta e buscar o indispensável, ao mercado, à farmácia, ao banco.
Depois há sempre quem nos aquiete: Deus é grande e cabe em qualquer lugar, mesmo dentro da nossa pequenez.

partilhar Facebook
Banner Publicitário