Voz da Póvoa
 
...

Requalificação do Bairro dos Pescadores é para Avançar

Requalificação do Bairro dos Pescadores é para Avançar

26 Agosto 2020 | 18:06

Na reunião do executivo, de terça-feira, foram aprovados apoios e investimentos, com destaque para a abertura de concurso público para a execução do projecto de requalificação do Bairro dos Pescadores, na zona sul da cidade, junto à Estrada Nacional. As previsões da autarquia apontam para um investimento de 960 mil euros.

Segundo Aires Pereira, Presidente da Câmara Municipal, “é uma obra muito importante, porque durante muito tempo foram feitas lá um conjunto de alterações e agora pretendemos criar melhores condições para os moradores, com mais zonas de estacionamento, mais zonas de estar e uma nova proposta de circulação, com a criação de uma grande rotunda para evitar problemas de constrangimento”.

O Edil revelou ainda que a empreitada no Bairro dos Pescadores vai englobar a substituição dos pavimentos e infraestruturas existentes, nomeadamente águas residuais domésticas e pluviais, abastecimento de água, redes elétricas e iluminação pública. “Vamos dar mais conforto e qualidade de vida àquelas pessoas que ali moram. Vamos abrir o concurso. Esperamos começar a obra ainda este ano. a intervenção vai ser feita em todo o miolo do Bairro dos Pescadores”, concluiu Aires Pereira.

Sobre este assunto João Viana, vereador pelo Partido Socialista, que nesta reunião se fez acompanhar pela colega de partido Ana Paula, disse aos jornalistas que se congratulava com a iniciativa, “é urgente requalificar aquela zona porque tem muitos anos e há necessidade de ser intervencionada. Depois, está à entrada da Póvoa. Não é por ser visível, mas porque é uma comunidade que merece toda a atenção e apoio do município. Esta decisão de abrir procedimento de requalificação foi o ponto mais relevante da reunião do executivo”.

Com a intenção de revitalizar espaços importantes para o concelho, foi aprovado o acordo de cedência de terrenos que viabilizará a construção do arruamento que prolongará a Rua da Moita, mas também o arranjo urbanístico na zona envolvente. Outra importante proposta aprovada foi o procedimento que permite a elaboração do Plano de Pormenor da expansão do Parque Industrial de Laúndos.

“Avançamos com a contratação de um procedimento para a execução da segunda fase do Plano de Pormenor do Parque Industrial de Laúndos, agora que, está em curso a instalação de algumas unidades fabris e, por isso é importante conclui-lo. Serão feitos arruamentos com todas as instalações e infraestruturas que facilitam a implantação das empresas. O Parque Industrial de Laúndos vai desta forma sofrer uma requalificação. É um projecto de 1985 e precisa ser actualizado e modernizado, dando um aspecto mais aprazível e mais moderno, compatível com as exigências de hoje”, fez questão de referir o presidente Aires Pereira, no final da reunião.

Igualmente João Viana referindo-se ao Plano de Pormenor que está em curso para a zona Industrial de Laúndos reconheceu que, “a agenda do município tem que apontar o Plano de Pormenor numa perspectiva de reformulação, requalificação e reajustamento daquele Parque Industrial para empresas de outra dimensão. O Parque está desajustado à realidade económica actual e é preciso requalifica-lo para que possa atrair outras empresas e com outra dimensão, qualidade e projecção. É nesse sentido que me parece correcto, porque para se fazer o Plano de Pormenor é preciso que alguma coisa justifique essa acção. Segundo o presidente Aires Pereira, há empresas de maior dimensão e outras que podem vir a implantar-se naquele Parque Industrial”.

A educação voltou a merecer a atenção do executivo ao fazer aprovar a adjudicação da construção do Pavilhão Desportivo da Escola Secundária Eça de Queirós. Foi anunciada a abertura de consulta prévia para o fornecimento de refeições escolares para o ano de 2020/2021. Ainda no decorrer da reunião de Câmara foi deliberada a atribuição de subsídios às associações participantes no Plano de Promoção de Atletismo e no Plano de Desenvolvimento do Ténis de Mesa, na época desportiva de 2019/2020, no valor respetivo de 7.267.50 e 6.710.00 euros. A autarquia estabeleceu também um contrato-programa com a Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição da Póvoa de Varzim, com vista à atribuição de um subsídio de 20.000 euros, com o objectivo de financiar a continuação das obras de reabilitação do edifício do antigo Colégio do Sagrado Coração de Jesus. Ao Instituto Maria da Paz Varzim foi atribuído um subsídio no valor de 8.732.90 euros, para apoiar na aquisição de equipamentos destinados ao novo espaço na antiga Escola de Nova Sintra.

 

partilhar Facebook
Banner Publicitário