Voz da Póvoa
 
...

O Último Adeus de Paulo Gonçalves

O Último Adeus de Paulo Gonçalves

13 Janeiro 2020 | 10:50

Paulo Gonçalves, natural de Gemeses, Esposende, faleceu este domingo, durante a 7ª etapa do Rally Dakar 2020, realizado na Arábia Saudita. O antigo Campeão do Mundo de Ralis Todo-o-Terreno, sofreu um acidente fatal ao quilómetro 276 da etapa. A informação foi confirmada pela organização da prova.

Segundo um comunicado o piloto esposendense foi “encontrando-o inconsciente depois de uma paragem cardíaca. Depois da reanimação no local, o competidor foi levado de helicóptero para o hospital de Layla, onde se confirmou o óbito", escreveu a organização da prova.

Paulo Gonçalves tinha 40 anos e um corículo invejável na provo onde competia pela décima terceira vez. O piloto de Gemeses terminou no top 10, por quatro vezes, tendo sido o segundo da geral em 2015, ficando atrás do vencedor Marc Coma.
 
Paulo Gonçalves nasceu a 5 de fevereiro de 1979, em Gemeses, Esposende e estreou-se no Dakar em 2006, com um honroso 25.º lugar. Vestiu a camisola de quatro equipas ao longo das suas participações no Dakar: KTM, Honda, Husqvarna e Hero, equipa pela qual competia pela primeira vez este ano.

Este ano, o português chegou à prova depois de recuperar de uma cirurgia a tempo, afirmando que estar no Dakar 2020 "era uma vitória".

Para quem acredita no destino o piloto esteve quase fora de prova depois de ter partido o motor na 3ª etapa, tendo mesmo a desistência do piloto português sido dada pela organização da prova, informação que mais tarde acabou corrigida três horas depois, porque Paulo Gonçalves continuava a tentar reparar a avaria enquanto esperava pela chegada de assistência do camião da sua equipa.

Em declarações ao site oficial da prova, antes do início da edição deste ano, Paulo Gonçalves afirmou que era extraordinário ter estado nos três capítulos da história do Dakar: “É fantástico fazer parte da história, dos três capitulos da história do Dakar. Corri uma vez em África, 11 vezes na América do Sul e agora na Arábia Saudita”.

O gosto pela velocidade valeu-lhe a alcunha “Speedy”, o ratinho mais famoso dos desenhos animados “Speedy Gonzalez”. E nada mais verdadeiro, pois Paulo Gonçalves conta no seu currículo com 23 títulos em motocross, supercross e enduro. Foi campeão do mundo de ralis todo-o-terreno em 2013 e vice-campeão no ano seguinte.

O adeus prematuro de um verdadeiro campeão.

partilhar Facebook
27/Paulo_Goncalves.jpg
27/Paulo_Goncalves_1.jpg
27/Paulo_Goncalves_2.jpg
Banner Publicitário