Voz da Póvoa
 
...

Máscaras ou Viseiras na Reabertura da Feira Semanal de Vila do Conde

Máscaras ou Viseiras na Reabertura da Feira Semanal de Vila do Conde

23 Maio 2020 | 16:10

A feira semana de Vila do Conde reabriu para a nova normalidade. A obrigação de máscaras ou viseiras para clientes e feirante é uma das obrigações que vão continuar. A reabertura contou com a presença de Elisa Ferraz, presidente da Câmara de Vila do Conde, que no final da visita, onde transmitiu confiança aos feirantes, disse aos jornalistas que “as pessoas estavam ávidas e que a feira tem a ver com a nossa história, com a nossa identidade. Não podemos esquecer que é aqui que as pessoas se encontram e convivem”.
 
A autarca acrescentou que à chegada, por volta das 09h30, o contador para controle de pessoas tinha registado a entrada de “pelo menos 2020 pessoas, podendo só estar apenas 500 em simultâneo no interior do recinto”.

Acompanhada pelos vereadores Paulo Carvalho e Dália Vieira, questionada sobre a importância de reabrir o espaço, Elisa Ferraz clarificou que havia a necessidade de dar continuidade à reabertura das actividades económicas e reconheceu: “Estávamos a ter muitas pressões dos feirantes, é o seu modo de viver, e também significa que a economia está a mexer”. E considerou que é também “uma enorme satisfação que ao fim de dois meses conseguimos reabrir a feira semana em todos os seus sectores e amanhã também será reaberto o mercado rural, neste mesmo espaço”.

A Câmara decidiu, nesta primeira experiência, que a entrada e saída se fazia apenas pelo portão largo de acesso frontal à nacional 13, sendo que a PSP se encontrava em todas as entradas para fazer cumprir as regras.

partilhar Facebook
Banner Publicitário