Voz da Póvoa
 
...

Há gente que fica na história da gente

Há gente que fica na história da gente

17 Março 2020 | 19:14

O cantor de intervenção Pedro Barroso foi embora, para a terra do nunca, mas deixou-nos ficar a

Menina Dos Olhos de Água


Menina em teu peito sinto o tejo
E vontades marinheiras de aproar
Menina em teus lábios sinto fontes
De água doce que corre sem parar
Menina em teus olhos vejo espelhos
E em teus cabelos nuvens de encantar
E em teu corpo inteiro sinto feno
Rijo e tenro que nem sei explicar
Se houver alguém que não goste
Não gaste, deixe ficar
Que eu só por mim quero te tanto
Que não vai haver menina para sobrar
Aprendi nos esteiros com Soeiro
E aprendi na fanga com Redol
Tenho no rio grande o mundo inteiro
E sinto o mundo inteiro no teu colo
Aprendi a amar a madrugada
Que desponta em mim quando sorris
És um rio cheio de água lavada
E dás rumo à fragata que escolhi
Se houver alguém que não goste
Não gaste, deixe ficar
Que eu só por mim quero te tanto
Que não vai haver menina para sobrar

Pedro Barroso 

partilhar Facebook
Banner Publicitário