Voz da Póvoa
 
...

Enquanto Houver Estrada Pra Andar a Gente Vai Continuar

Enquanto Houver Estrada Pra Andar a Gente Vai Continuar

21 Março 2020 | 18:09

As dez estavam a chegar à meia quando um olhar na A28 respondeu à imagem de silêncio que o negro alcatrão desenhava. É sábado, um dia com menos movimento mas o ruido era a música de todos os minutos. 
Nem tudo é mau nos tempos que corem. Em Veneza os canais transparecem os fundo, a poluição do ar desceu drasticamente. No céu da China já não mora a nuvem vermelha de gazes. No ar já riscam poucos aviões. Pode ser assustador dizê-lo, mas ninguém fez mais pela cimeira do clima que o Coronavírus.  
Quanto ao futuro o Jorge Palma encarregou-se de responder numa bela canção.

A gente vai continuar

Tira a mão do queixo não penses mais nisso
O que lá vai já deu o que tinha a dar
Quem ganhou ganhou e usou-se disso
Quem perdeu há-de ter mais cartas pra dar
E enquanto alguns fazem figura
Outros sucumbem á batota
Chega a onde tu quiseres
Mas goza bem a tua rota

Enquanto houver estrada pra andar
A gente vai continuar
Enquanto houver estrada pra andar
Enquanto houver ventos e mar
A gente não vai parar
Enquanto houver ventos e mar

Todos nós pagamos por tudo o que usamos
O sistema é antigo e não poupa ninguém
Somos todos escravos do que precisamos
Reduz as necessidades se queres passar bem
Que a dependência é uma besta
Que dá cabo do desejo
A liberdade é uma maluca
Que sabe quanto vale um beijo

partilhar Facebook
14/AA_28.JPG
14/A_28.JPG
Banner Publicitário