Voz da Póvoa
 
...

COVID-19: “não anda nem desanda”

COVID-19: “não anda nem desanda”

27 Maio 2020 | 15:47

Na sabedoria popular “não anda nem desanda” é muitas vezes o argumento para quem não Sai do sítio. É o que traduzem os números diários do boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), que desta vez revela mais 14 óbitos associados à Covid-19. Para que não fique a pensar mais que o necessário, há mais de um mês que as mortes diárias andam entre os 10 e os 20 óbitos e os infectados um pouco acima dos duzentos.

Desde o início da pandemia, Portugal registou 1.356 mortes e 31.292 casos de infecção, mais 285 infetados. É por isso que, aos números revelados juntam-se sempre muitas dúvidas.

Os concelhos da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, segundo a DGS, não sofreram alteração 157 e 292 casos positivos, respetivamente. Acontece que, estes números são sempre a somar e não são reveladas vítimas mortais nem recuperados, ou seja estes dados podem e devem estar incorretos.

Confiando no Boletim da DGS, em território nacional, há 510 doentes internados, menos três do que na terça-feira, e 66 em unidades de cuidados intensivos, menos cinco. Temos ainda pelo menos 1.886 pessoas que aguardam resultado laboratorial e 27.141 estão em vigilância pelas autoridades.
 
Errados ou não, os números positivos que agradam a toda a gente é as 18.349 pessoas recuperadas, mais 253 do que ontem.

partilhar Facebook
Banner Publicitário