Voz da Póvoa
 
...

A Feira do Livro Insiste em Resistir

A Feira do Livro Insiste em Resistir

10 Julho 2020 | 10:51

  O Livro volta à Feira de 31 de Julho a 15 de Agosto. A insistência em resistir à pandemia obriga a um plano de contingência devidamente estudado e preparado, respeitando as normas e directrizes da Direcção Geral da Saúde, como fez questão de referir Luís Diamantino, Vice-presidente e Vereador da Cultura da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim: “Enviamos o Plano de Contingência para o Delegado de Saúde, no sentido de recolher o seu parecer, mas está tudo preparado para avançar com a Feira do Livro. Logicamente, não teremos espaços fora dos standes, como mesas com livros ou estantes, também não haverá o habitual espaço com sofás, mesas e guarda-sóis, porque não queremos juntar as pessoas. Será uma Feira do Livro limpa, os standes terão a separação necessária e o público leitor, que queira comprar um livro, pode e deve colaborar no distanciamento social. Vai haver também marcações no chão. Os livreiros estão preparados para a higienização dos livros no espaço de venda. Haverá gel e o uso da máscara para os responsáveis pela venda dos livros é uma obrigação”.

Os livreiros agradecem e precisam da continuidade do seu trabalho. A Feira é ao ar livre, as pessoas podem circular e colaborar para que tudo aconteça sem problemas. “A Feira do Livro é um oásis no deserto que está implantado neste sector”, concluiu Luís Diamantino.

partilhar Facebook
308/Feira_do_Livro_.jpg
210/o_elogio_do_silencio.jpg
Banner Publicitário