Voz da Póvoa
 
...

A Feira das Moninhas Reabriu e no Domingo é a Vez de Aver-o-Mar

A Feira das Moninhas Reabriu e no Domingo é a Vez de Aver-o-Mar

1 Junho 2020 | 15:28

Está consumada a primeira experiência concelhia de reabertura das feiras semanais. Esta manhã a Feira das Moninhas reabriu com metade dos feirantes, ou seja, de 188 para 94. Com as novas regras os feirantes passam a fazer as feiras alternadamente, numa média de duas por mês, medidas que foram tomadas para criar distanciamento de segurança e reduzir o risco de forma generalizada. A excepção é apenas para os vendedores de bens alimentares, que fazem as feiras semanalmente.

Ricardo Silva, presidente da União de Freguesias Póvoa de Varzim, Beiriz e Argivai, visitou a feira para, não só acompanhar de perto a reabertura mas também o cumprimento das normas da Direcção-Geral da Saúde, que passam pelo uso de máscara, viseira e luvas, uma obrigação dos feirantes, mas também com a obrigação de disponibilizarem álcool-gel para os clientes. A entrada no recinto da feira só é permitida aos visitantes depois de desinfectar as mãos e com a obrigação do uso de máscara ou viseira. A Junta providenciou máscaras para quem se deslocou à feira e não tinha protecção. No reciinto era apenas permitida a cirlulação de 300 pessoas.

No fim-de-semana, dia 7 de junho, domingo, reabre a Feira de Aver-o-Mar, uma decisão da responsabilidade da União das Freguesias de Aver-o-Mar, Amorim e Terroso, presidida por Carlos Maçães, que ativou um Plano de Contingência, para retomar a feira em segurança.
Entre os procedimentos está a obrigação dos feirantes usarem máscara, viseira e luvas e disponibilizar álcool-gel para os clientes que só podem entrar na feira com máscara e depois de desinfetarem as mãos na entrada.

A Feira da Estela também deverá abrir no próximo domingo com os mesmos procedimentos.

partilhar Facebook
Banner Publicitário