Voz da Póvoa
 
...

Europa Reforça Representação na Feira Nacional de Artesanato

Europa Reforça Representação na Feira Nacional de Artesanato

Vila do Conde | 17 Julho 2022

 

A Feira Nacional de Artesanato de Vila do Conde que abre as suas portas a 23 de Julho para receber milhares de visitantes até 7 de Agosto, nunca foi tão internacional. Na sua 44ª edição, em Ano Europeu da Juventude, a organização - associando-se ao facto do Município ter anunciado, recentemente, a sua candidatura oficial a Capital Europeia da Juventude 2026 - vai dedicar um pavilhão central do recinto da feira aos jovens artesãos oriundos de diferentes países europeus, entre os quais Espanha, França, Bélgica, Itália, Malta, Geórgia e República Checa. A Ucrânia faz-se representar pela artesã Ludmila Kostjuk que apresentará trabalhos de cerâmica/olaria.

O artesanato tradicional desde a ancestralidade traduz uma relação de equilíbrio com o meio ambiente, das mãos do ser se produz uma certa humanização do objecto que tem uma origem cultural e em muitos casos o seu próprio território de produção. A sua sustentabilidade, comércio e consumo é de extrema importância para as economias locais, dá-lo a conhecer é também uma das razões da Feira de Artesanato. A cada vez maior consciencialização ambiental levou a organização do certame a promover um Concurso/Exposição de peças artesanais elaboradas com materiais reciclados. Esta iniciativa tem o apoio da Lipor.
 
Ainda durante a Feira de Artesanato, fruto de um protocolo entre a Associação para Defesa do Artesanato e Património de Vila do Conde, a Fundação Castro Alves de Vila Nova de Famalicão, e a Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde, serão realizados no decurso da feira vários workshops de cerâmica destinados aos mais jovens e à 3.ª Idade. Os interessados deverão inscrever-se no secretariado da Feira. O protocolo pretende manter os workshops de cerâmica durante todo o ano.

O Dia da Rendilheira será celebrado a 31 de Julho, com demonstrações ao vivo espalhadas pelo recinto, para que todos possam conhecer como nasce das mãos das rendilheiras o ex-libris do artesanato de Vila do Conde, as famosas Rendas de Bilros.

Como habitualmente, há no recinto um espaço destinado às Jornadas Gastronómicas que permitem saborear o melhor da Cozinha Tradicional Portuguesa.

A entrada na Feira Nacional de Artesanato, organizada em parceria pela Câmara Municipal de Vila do Conde e pela Associação para Defesa do Artesanato e Património de Vila do Conde, é gratuita e decorre nos Jardins da Avenida Júlio Graça. De segunda a quinta-feira estará aberta das 17h00 às 24h00 e, às sextas-feiras, sábados e domingos das 15h00 às 24h00.

partilhar Facebook
1557/DSC_0997.jpg
1557/A-voz-da-Póvoa---FNA-2022.jpg
Banner Publicitário