Voz da Póvoa
 
...

Assembleia Municipal de 18 dezembro Motiva Esclarecimento

Assembleia Municipal de 18 dezembro Motiva Esclarecimento

Vila do Conde | 19 Janeiro 2021

A Câmara Municipal de Vila do Conde enviou um comunicado, aos órgãos de comunicação social, com o objectivo de esclarecer o seguinte e que passamos a transcrever na íntegra.

 A lei confere à Assembleia Municipal a responsabilidade da discussão, avaliação e votação de todas as matérias fulcrais para as políticas concelhias e, bem assim, legitimar o trabalho a ser levado a cabo pela Camara Municipal, como seu órgão executivo. Todas as ações e omissões provenientes desta e de todas as Assembleias Municipais, têm influência e impacto direto na vida diária dos vila-condenses.

No tempo que vivemos, não será compreensível para aqueles que nos elegeram, que não se enverede senão por um exigente e escrupuloso empenho dos deputados municipais na análise, justeza, aplicabilidade e resultado das decisões ali tomadas.

O fim último de todos os eleitos nos sistemas democráticos é, pois, pugnar pela seriedade e responsabilidade na sua postura, evitando toda e qualquer manobra de diversão ou inversão de prioridades.

Exige-se que sejamos concretos, que optemos pela ação em vez da retórica e que a discussão dos temas em análise seja atenta e comprometida com a vida e com o quotidiano dos vila-condenses. Tudo o que ultrapasse estes propósitos são assuntos que se tratam em instâncias próprias, devendo colocar-se à margem do funcionamento deste nobre espaço da democracia portuguesa.

Assim, perante as afirmações proferidas na última sessão por um deputado do P S, atentatórias ao reconhecido prestígio e integridade do Sr. Vice-Presidente da C M V C, Dr. Pedro Gomes, desrespeitando-o, desrespeitando o órgão a que pertence, também a própria assembleia municipal e, sobretudo, a todos os cidadãos que nele depositaram a sua confiança, informa-se que este assunto será encaminhado para as devidas instâncias.

A Sr.ª Presidente da Câmara e os vereadores do seu executivo lamentam a interpretação descontextualizada de um gesto casual e espontâneo, no reposicionamento da máscara, e solidarizam-se inequivocamente com o Sr. Vice-Presidente, Dr. Pedro Gomes, rejeitando profundamente quaisquer interpretações que possam deturpar e desrespeitar o funcionamento da Assembleia enquanto órgão máximo da democracia.

 

partilhar Facebook
Banner Publicitário