Voz da Póvoa
 
...

Executivo Aprova em Reunião Apoio Excepcional às Associações

Executivo Aprova em Reunião Apoio Excepcional às Associações

Política | 20 Abril 2021

Em reunião de Câmara, realizada na Terça-feira, 10 de Outubro, o Executivo, decidiu atribuir um apoio excecional às associações locais que, neste período de pandemia, sofreram uma acentuada quebra de receitas. São beneficiadas as Associações que não têm nenhum contrato-programa com o Município, tal como tinha sido anunciado na anterior reunião.

Aprovado o regulamento o executivo decidiu no imediato permitir às associações solicitar um apoio para as despesas básicas como renda, eletricidade e água.

Aires Pereira reconhece a necessidade e acrescentou que “é um apoio importante numa altura em que a pandemia tem parado a atividade das associações e vai ajudar a ultrapassá-las esta fase”.

O presidente revelou que, “A quebra de receita é enorme porque não há nesta altura desporto de formação nem publicidade, mas as despesas mantêm-se. Queremos salvaguardar o tecido associativo”.

O apoio excepcional vai ajudar sobretudo as coletividades mais ligadas ao plano de promoção de atletismo e de ténis de mesa, e também ao inter-freguesias de futebol.

A revitalização urbana voltou a estar em cima da mesa. Desta vez foi aprovada a proposta de adjudicação da Requalificação do Bairro dos Pescadores, por cerca de 900 mil euros, um investimento, segundo Aires Pereira “muito importante para esta zona fortemente habitada por uma comunidade que há muito anseia, e merece, esta requalificação”.

Foi também aprovada, a integração do Município da Póvoa de Varzim num projecto desenvolvido em parceria com a Área Metropolitana do Porto, que visa criar condições para o repovoamento de árvores em espaços públicos. Plantar 100 mil árvores é a previsão do Centro Regional de Excelência em Educação para o Desenvolvimento Sustentável e permitirá ao concelho da Póvoa ter um aumento das áreas verdes com espécies autóctones. Este projeto de educação ambiental contará com a colaboração das escolas e associações do concelho.

Foi ainda aprovado um empréstimo de 8,2 milhões de euros para ser aplicado em intervenções estruturais ao nível de requalificação de escolas e de execução de vias e acessibilidades. Aires Pereira destacou a importância de avançar “no nível de maturidade de algumas obras, de modo a potenciar as oportunidades de aprovação de candidaturas a fundos comunitários”.

 

partilhar Facebook
Banner Publicitário