Voz da Póvoa
 
...

Deputado do PCP Reuniu com Armadores no Porto de Pesca

Deputado do PCP Reuniu com Armadores no Porto de Pesca

Política | 1951_A | 6 Maio 2020

O deputado do Partido Comunista Português (PCP)  João Ferreira encontrou-se, ontem ao final da tarde, com Armadores no Porto de Pesca da Póvoa de Varzim. O encontro que juntou o ex deputado na Assemblea da República, Jorge Machado, mas também membros da Direcção da Organização Regional do Porto e das Comissões Concelhias da Póvoa de Varzim e Vila do Conde do PCP, vem na sequência de um protesto realizado no dia 1 de Maio por um conjunto de Armadores que se juntaram para reclamar apoios para fazer face às dificuldades sentidas nas últimas semanas. Os Armadores apontam para “uma quebra de 40%, devido ao preço do pescado e às limitações impostas de pesca ao fim de semana”.

Dissecados os problemas do sector o deputado do PCP ao Parlamento Europeu, João Ferreira, referiu que “não sendo de agora, acentuaram-se no decurso do Covid-19, dificuldades acrescidas a juntar às que já havia e que requerem a tomada de medidas de fundo”, nomeadamente “de protecção de rendimentos de todo o sector, reforçando o apoio às paragens temporárias, a fixação de preços mínimos garantidos de primeira venda, de fixação de taxas máximas de lucro dos intermediários, com reflexo, também, no preço de compra dos consumidores”, concluiu.

Os comunistas defendem que a excepcional situação que se vive em tempo de pandemia exige medidas e apoios excepcionais. Na opinião do partido “não é através do Fundo de Compensação Salarial que se devem desenvolver os apoios. Este é um instrumento dos pescadores que não pode ser descapitalizado sob pena de, no futuro, não conseguir responder às situações pelas quais ele foi criado”. O Governo PS optou por este caminho, mas o PCP considera que “deveria ser o Orçamento do Estado a responder às necessidades do sector”.

É convicção do PCP que a crise do sector das pescas não vai terminar quando passar o surto epidémico. O partido refere que “a crise tem vindo a acentuar-se desde a entrada na então CEE e consequência das opções políticas de PS, PSD e CDS. Há medidas urgentes a tomar como a renovação da frota e garantir rendimentos que superem a falta de mão-de-obra. Este é o caminho que tem de ser feito para criar condições de futuro para este sector estratégico”.

Pode ‘ouver’ aqui as declarações de João Ferreira:

https://www.facebook.com/PortoPCP/videos/678085796309005/UzpfSTE0NzA4MTUyMDYyODI0MDA6MzEzNzMyODc5NjI5NzY5MQ/

partilhar Facebook
351/IMG_4166.jpg
351/IMG_4176.jpg
351/IMG_4181.jpg
351/IMG_4184-copy.jpg
Banner Publicitário