Voz da Póvoa
 
...

CDU Quer Voltar à Vereação Autárquica

CDU Quer Voltar à Vereação Autárquica

Política | 5 Agosto 2021

Os candidatos da CDU PCP-PEV procederam no dia 30 de Julho, à formalização das candidaturas aos órgãos autárquicos do concelho, no Tribunal Judicial da Póvoa de Varzim. Os comunistas apresentam cabeças de lista à Câmara Municipal, Assembleia Municipal e a todas as freguesias.

“Superámos as nossas expectativas e conseguimos apresentar candidaturas a todos os órgãos autárquicos, Câmara Municipal, Assembleia Municipal e todas as Uniões e Juntas de Freguesia do nosso concelho. Nessa medida, temos na CDU gente séria e capaz, com um projecto alternativo para apresentar aos poveiros. Curiosamente, tivemos mais mulheres do que homens e foi preciso um esforço para equiparar as listas com 50%, o que significa um grande avanço do ponto de vista da representação das mulheres nas listas. Temos essencialmente, gente capaz para um projecto de transformação para fazer mais e melhor na Póvoa com uma alternativa política. Queremos colocar em cima da mesa as questões da educação, aquilo que é preciso melhorar na resposta da Câmara Municipal, a questão da habitação, dos transportes públicos, são para nós prioridades e apresentamos hoje, formalmente em tribunal, gente que tem essa alternativa e vontade de fazer melhor. Queremos ter representatividade nestes órgãos e ser a voz dos poveiros”, revelou Jorge Machado.

O cabeça de lista à Câmara Municipal esclarece aos eleitores que a CDU é o único partido que presta contas ao eleitorado: “Apresentámos um documento sobre o trabalho que fizemos na Assembleia Municipal. Pela voz do João Miguel Martins, apresentámos trabalho feito. A CDU nunca faltou a nenhuma das lutas da população que estiveram em cima da mesa, quer aqui, quer na Assembleia da República, a Póvoa teve sempre voz nas intervenções para melhorar as condições de vida e de trabalho e aquilo que é a vida no nosso concelho. A Póvoa está a ser governada sem grandes picos de criatividade e a falhar em áreas que nós consideramos fundamentais, como os transportes ou a habitação. Entendemos que a voz da CDU faz falta dentro do executivo da Câmara Municipal e é isso a que nos propomos. Precisamos de um vereador para que possa fiscalizar a Câmara de uma forma séria, estar no momento certo contra a executivo quando toma as opções erradas, mas também sermos uma voz activa para apresentar alternativas. Os nossos eleitos terão sempre uma postura construtiva”.

 

partilhar Facebook
Banner Publicitário