Voz da Póvoa
 
...

WE WANT THE WORLD AND WE WANT IT NOW!

WE WANT THE WORLD AND WE WANT IT NOW!

Opinião | 31 Outubro 2020

Se canto louvores à vida é porque quero, desejo e amo. Para mim todos os seres deveriam ser divinos, tal como todos os dias deveriam ser sagrados. Aquele que a multidão odeia é o espírito livre, o inimigo das algemas, aquele que não adora. Afastei-me daqueles que traficam e mercadejam o poder. Combato-os. Não lhes dou tréguas. Porque esses são os inimigos da vida, tal como os senhores da finança, do controlo e dos computadores. Têm destruído o Homem, os animais e a Terra. Têm feito a cabeça das multidões. Embora as multidões também sejam culpadas. Aceitam ser dominadas a troco de umas migalhas e, não raras vezes, apoiam o sistema. Há muita gente que já não tem cura. Dirijo-me àqueles que verdadeiramente amam a vida, a vida total e plena, a vida livre, para que não desistam. Este é o momento da mudança. Eles começam a ficar desorientados, a perder o controle. Sente-se no ritmo das notícias. We want the world and we want it NOW!


António Pedro Ribeiro

partilhar Facebook
Banner Publicitário