Voz da Póvoa
 
...

João Alves, o “luvas pretas” no Varzim

João Alves, o “luvas pretas” no Varzim

Opinião | 16 Abril 2021

 “Grande Enciclopédia do Ludopédio”, programa desportivo diferente no universo televisivo, passa sábado à tarde na RTP 3 coordenado por Carlos Manuel Albuquerque, acolitado por João Nuno Coelho, sociólogo com obra escrita – p.ex, A Paixão do Povo, história do futebol português -  e Rui Tovar, jornalista. O último programa foi dedicado a João Alves, conhecido por jogar com luvas pretas, “herança” do avô também futebolista e vencedor dum Campeonato de Portugal pelo Carcavelinhos. O “luvas pretas” referiu-se à passagem, época 72/73, pelo Varzim, primeiro ano de sénior, emprestado pelo Benfica. Varzim na 2ª divisão, João Alves dá-se a conhecer com prestação excelente, mesmo fabulosa, chamando a atenção do inglês J. Hagan, casmurro e disciplinador treinador do Benfica e, depois, do Sporting.

No fim da época, dominada pelo Benfica na principal divisão não sofrendo qualquer derrota, o Varzim, em 2º lugar atrás da Académica, disputou liguilla de subida à 1ª, finalíssima com o Montijo, em Leiria perdendo por 1-0. Foi, também, o ano da única participação do Club de Futebol União de Coimbra – CFUC – na divisão maior, fazendo eu parte do plantel, num regresso após quase quatro anos de serviço militar. A liguilla foi disputada por quatro equipas, COL (Oriental), Montijo, Varzim e CFUC e todas obtiveram 6 pts; o Oriental manteve-se e o Montijo subiu com o tal jogo com o Varzim. Ou seja: dos meus dois clubes do coração, centenários, um não subiu e o outro desceu. Também joguei noutro centenário, Académica de Coimbra, 64/65, que, coincidência, esteve na 2ª divisão nesta única temporada do União na 1ª. E nunca mais houve outra oportunidade para este duelo histórico entre as duas agremiações da cidade.

Ao Livro do Centenário do Varzim fui buscar a equipa de que J Alves fez parte: treinador, prof. Puga, Sobral massagista e, jogadores mais conhecidos, Artur, Quim, Sidónio, Salvador, todos defesas; Salvador e Sidónio também passaram pelo comando da equipa depois da saída do professor em Novembro.   

 

Abílio Travessas

partilhar Facebook
Banner Publicitário