Voz da Póvoa
 
...

GRETA

GRETA

Opinião | 20 Outubro 2020

A atribuição do Prémio Gulbenkian para a Humanidade a Greta Thunberg é da mais elementar justiça. Todo o percurso da jovem Greta se tem pautado pela mobilização dos jovens e de muita outra gente para a grande ameaça do aquecimento global e das alterações climáticas, ou seja, para a salvação da Humanidade, dos animais e do Planeta. O seu exemplo de empenho e generosidade é inexcedível. O Homem e, particularmente, o capitalismo têm destruído a natureza, o que tem trazido vírus da dimensão catastrófica do COVID-19, grandes tempestades, grandes incêndios, tsunamis, grandes tragédias naturais de vária ordem e a destruição de grandes florestas, como a Amazónia. Greta tem sido incansável na crítica aos políticos e aos poderosos do planeta. E tem despertado muitas consciências. A sua luta nunca será em vão.

António Pedro Ribeiro - Sociólogo e Poeta

partilhar Facebook
Banner Publicitário