Voz da Póvoa
 
...

Curtas e Grossas – Um “colchão” de sonho

Curtas e Grossas – Um “colchão” de sonho

Opinião | 1959 | 12 Agosto 2020

Espero que o “colchão” de 45 mil milhões de euros do quadro financeiro da União Europeia para relançar a economia portuguesa seja bem investido. Já agora, faço votos para que o Governo pague as dívidas aos fornecedores do Serviço Nacional de Saúde. António Costa Silva, escolhido por António Costa para lançar um plano de recuperação da economia, disse que ”as empresas têm de estar no centro da recuperação. “Espero que o Governo e os empresários estejam à altura de efectivar o provérbio :”melhor se deita, quem melhor fizer a cama”.

Por: Ademar Costa – Cronista e Poeta

partilhar Facebook
Banner Publicitário