Voz da Póvoa
 
...

AS COISAS AINDA ESTÃO NAS NOSSAS MÃOS!

AS COISAS AINDA ESTÃO NAS NOSSAS MÃOS!

Opinião | 1955_B | 1 Julho 2020

Cada um, individualmente, tem de se revoltar contra um modo de vida que não é o seu. Tem que tomar consciência de que está a ser alienado e vampirizado. Não pode passar a vida a pastar, a dormir ou a competir com o parceiro do lado. Deste modo, faz parte do rebanho, dos merceeiros ou dos pequenos tubarões. É uma questão de humanidade, de dignidade da pessoa humana. Os Poderes manipulam, castram e controlam das mais variadas formas: através da internet, dos media, dos telemóveis, dos cartões multibanco, de outros dispositivos electrónicos e cartões, da polícia, do exército, do trabalho, da escola, do futebol, mas nós, muitos de nós, ainda temos a capacidade de discernir, de tomar posições, sem cair em depressão ou em estado de isolamento insolúvel. Porra, as coisas ainda estão nas nossas mãos!

 

António Pedro Ribeiro – Sociólogo e Poeta

partilhar Facebook
Banner Publicitário