Voz da Póvoa
 
...

A VIDA TOTAL E PLENA

A VIDA TOTAL E PLENA

Opinião | 1956 | 8 Julho 2020

O homem deve viver para viver, não deve ser atormentado por pensamentos de uma vida depois da morte, extraindo o máximo da vida a cada momento que passa. O homem deve gozar enquanto está vivo, usufruir do amor, da poesia, da liberdade, da sabedoria. Deve libertar-se das castrações e do controlo do sistema, criando, construindo-se, elevando-se. Não é sequer o dinheiro que o sustém, mas sim a fé em si próprio, nas suas próprias capacidades. O homem deve usufruir da Vida Total e Plena.

António Pedro Ribeiro- Sociólogo e Poeta

partilhar Facebook
Banner Publicitário