Voz da Póvoa
 
...

A VIDA ETERNA NA TERRA

A VIDA ETERNA NA TERRA

Opinião | 17 Julho 2022

 

Acredito na vida eterna neste mundo, e não no outro. Estou com Dostoievski quando o grande génio russo afirma que "Tudo é permitido". Acredito na Liberdade Absoluta e no Amor Infinito. Apesar de reconhecer que, neste momento, há muitos que não compreendem a mensagem, agarrados aos relógios, às máquinas, ao Big Brother, ao pimba. Sei bem que tenho seguido estradas erráticas. Mas talvez seja esse o melhor caminho. Tenho sido um grande actor e um razoável agitador. Ultimamente, parece que as coisas mudam de figura. Mas surgem sempre uns engraçadinhos e umas engraçadinhas... Mas tu vais reinando, leão risonho, apesar do relógio irritante, do tic-tac irritante. Talvez te estejam a puxar para Deus. Tu, o grande bufão. Tu, o grande maldito. A mulher é esperta, inteligente, sabida, bela, apetecível. Mas eu não vim destruir tudo. Ou será que vim? Não, há pessoas de bem, pessoas muito generosas, que merecem tudo, que merecem o Amor Infinito. Aliás, não prometeste tu o Amor Infinito? Aliás, não tens que prometer nada. Só tens que lutar por isso. Com companheiras e companheiros. Pela Liberdade Absoluta. Pelo Amor Infinito. Pela Vida Eterna na Terra.

António Pedro Ribeiro, sociólogo, poeta, dizedor de palavras, cronista e muito mais…

partilhar Facebook
Banner Publicitário