Voz da Póvoa
 
...

Está a pensar adquirir uma caldeira para aquecer a sua casa no Inverno?

Está a pensar adquirir uma caldeira para aquecer a sua casa no Inverno?

Nacional | 30 Novembro 2020

Deixamos alguns conselhos.

Através do projeto ACT4ECO (https://act4eco.eu), a DECO disponibiliza informações relevantes para a eficiência energética da sua casa de forma muito prática. Sobre as caldeiras deixamos aqui alguns esclarecimentos importantes.

A caldeira deve ter capacidade para produzir o calor necessário para manter a temperatura desejada em casa. Quando se ajusta o termóstato a uma determinada temperatura para o ar interior, pede-se ao sistema de aquecimento que funcione apenas o necessário para atingir e manter esta temperatura. Assim, uma caldeira demasiado pequena para as necessidades da casa não será capaz de proporcionar conforto durante os dias mais frios do ano, por mais que funcione. Mas, se o objetivo for melhorar o conforto e aumentar a eficiência energética, a flexibilidade é mais importante do que a capacidade deste equipamento.

Se optar por um sistema capaz de funcionar em apenas dois modos ON ou OFF, conhecido como sistema de aquecimento a uma fase, enfrentará oscilações de temperatura. Por outras palavras, o sistema liga-se e funciona em plena capacidade até que o termostato atinja a temperatura pretendida, desligando-se de seguida. Daí as variações de calor e, consequentemente, de níveis de conforto.
 
Porém, se a escolha recair sobre um sistema de aquecimento de duas fases, terá um ciclo de aquecimento mais longo e lento, eliminando-se o rápido aquecimento que muitos consumidores consideram desconfortável. Com este sistema, poderá programar a caldeira para trabalhar a 60% e a 100% da sua capacidade.

Alguns modelos podem funcionar a 40% da capacidade e aumentar em 0,5%, se o termóstato assim o exigir. Ao optar por este sistema, poderá gerir a temperatura com muita precisão, até porque, normalmente, trabalham continuamente a uma potência muito baixa. Este sistema pode atingir uma eficiência que pode ir até aos 98%, o que significa que 98% do combustível que entra no sistema regressa como calor. O senão deste sistema é que é o mais dispendioso e, como tal, é uma questão de ponderar este investimento, tendo em conta as necessidades de aquecimento da casa.

Com a DECO e o ACT4ECO poderá explorar outros aspetos desta questão. O ACT4ECO é uma plataforma aprendizagem online sobre eficiência energética com informação para fazer as mudanças certas lá em casa. Junta-se a nós em https://act4eco.eu

Para mais esclarecimentos contacte e DECO Norte através do email: deco.norte@deco.pt ou do telefone: 223 391 960 (10h às 18h).

partilhar Facebook
Banner Publicitário