Voz da Póvoa
 
...

Vá a Banhos em Segurança

Vá a Banhos em Segurança

Local | 1954 | 10 Junho 2020

A memória de uma travessia, que teve que aguentar um Estado de Emergência seguido de Calamidade Pública, deveria ser suficiente para nos tornar a todos agentes de saúde pública. Depois de um silêncio protector, que nos mandou para casa e encerrou praticamente todos os sectores da economia, espera-se agora, com o vírus à procura da nossa displicência, uma descontraída, mas atenta recomendação pelas normas que todos devemos respeitar para a época balnear que se avizinha.

O sol andará, como sempre, a morenar o corpo, mas as areias das praias vão querer mais espaço entre nós. Procuramos Augusto Areias e quisemos saber as diferenças e as normas que os banheiros vão adotar, para que tudo siga em conformidade com as directrizes da Direcção-Geral da Saúde.
 
“Vamos montar barraca sim, barraca não, com cerca de metro e meio de distância, seguindo recomendações da DGS e da Capitania. A praia da Póvoa é muito ventosa, por isso vai haver muitas portas para a nortada entrar. Não sei se a melhor solução não passaria por montar todas as barracas, naturalmente alugando barraca sim, barraca não. Impedia a circulação ou a gincana entre barracas, de pessoas, mas principalmente das crianças, que o fazem com a naturalidade da sua inocência. Recordo que a praia é livre mas tem regras que todos devem cumprir”.

Augusto Areias é proprietário do Náutico-Bar e concessionário da Paia Azul e Praia Verde, totalizando nove filas de barracas. Até à abertura oficial da época Balnear, a 27 de Junho, muito tem sido feito e outro tanto para fazer: “Andou aqui no areal uma máquina a limpar a praia. Desde que as praias voltaram a ser abertas às pessoas, todos os dias o lixo é recolhido das areias. Vamos ter gel desinfectante à entrada da praia, temos lava-pés e lava-mãos. Passo a passo, vamos estar preparados para receber os banhistas, porque é com eles que vivemos. Temos clientes que alugam ao mês, naturalmente não vão dar o lugar a outros.

Também alugamos barracas ao dia, à semana, é como a preferência do cliente mandar. Depois há gente que tem barraca há muitos anos, famílias que criaram laços com a cidade e as pessoas, que me vão ligando para saber podem vir a banhos. Temos que continuar a saber recebê-los. As pessoas estão com fome de praia.

É necessário muita informação e respeito pelo outro: “O aluguer de barracas a clientes habituais facilita, porque há confiança, podemos informar as novas regras. Neste momento já estou a fazer isso com clientes que nos visitam há muitos anos, alguns alugavam a barraca logo a partir de I de Junho. A época balnear começava a 15 de Junho e encerrava a 15 de Setembro, mas havia quem ficasse até ao fim do mês, desde que tivesse condições para o fazer, como nadador salvador. Penso que se abrissemos a meio deste mês, com todas as condições exigidas, as coisas até podiam ser facilitadas no sentido de recuperar uma facturação que não se prevê favorável. As aulas vão começar logo no início de Setembro, as praias vão perder muitos frequentadores”.

Nesta época balnear, não contando com a presença da cadeira anfíbia do projecto IN Póvoa – praia para todos, Augusto Areias revela que “não estará presente na Praia Azul, mas sempre que necessária podemos requisitar à Câmara. Desde o primeiro dia que colaboro com esta iniciativa. No ano passado possibilitamos a muitas pessoas a alegria de um banho salgado. Este ano, tinha disponibilizado umas barracas para as pessoas, que iam ao banho, aguardassem a sua vez na cadeira do In-Póvoa. Há mais de 40 anos que os utentes do MAPADI têm uma barraca cedida, por mim, gratuitamente. As coisas este ano vão ser diferentes, mas para que tudo corra bem, estaremos sempre prontos para desinfectar e limpar as praias como sempre o fizemos, chamar à atenção das pessoas, convidá-las a manterem um distanciamento social. O bicho anda aí, não tem cor nem preferências, por isso cada pessoa tem que ser o tal delegado de saúde pública”.

 


Leia a notícia na íntegra na edição impressa

partilhar Facebook
394/Augusto-Areias-IMG_5765_.jpg
394/IMG_6142.jpg
394/IMG_6144.jpg
Banner Publicitário