Voz da Póvoa
 
...

Luís Leal Homenageado e aprovada Estratégia Local de Habitação

Luís Leal Homenageado e aprovada Estratégia Local de Habitação

Local | 16 Maio 2021

Na Reunião de Câmara de terça-feira, destaque para os homenageados do Dia da Cidade e para a aprovação da Estratégia Local de Habitação, entre outros assuntos aprovados. Em relação às Festas de São Pedro, as restrições continuam a exigir prudência e a festa pode apenas ser seguida em dois programas do Porto Canal.

Quanto às comemorações do Dia da Cidade, Aires Pereira, Presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim propôs para a cerimónia dos homenageados, o reconhecimento individual a Luís dos Santos Leal, jornalista, autodidata, com um trabalho amplamente reconhecido pela comunidade: “Esteve muito ligado ao associativismo na Póvoa de Varzim. Foi o pai do Plano de Promoção de atletismo, nos idos anos 80. Um homem que aos 86 anos ainda escreve para o jornal Record. Penso que é uma homenagem ao jornalismo local que tanto precisa de ajuda de todos nós para continuar a estar presente”: Reconhecendo a publicação digital, o Edil acrescenta que “o jornalismo do papel é importantíssimo porque esse é que vai continuar a fazer a história do nosso concelho”.
Outra das personalidades individuais a ser homenageada é o General Armando Soares Ferreira, que dedicou cerca de 20 anos de serviço à Póvoa de Varzim, 6 dos quais ao comando da Escola de Serviços, sediada em Beiriz.

Acrescente-se ainda que, a Medalha de Reconhecimento - Grau Ouro será atribuída a duas instituições locais: Rancho Folclórico de São Pedro de Rates, que no ano passado concluiu 50 anos de atividade permanente em defesa e divulgação do folclore e da etnografia desta importante vila do nosso concelho, e Capela Marta, que no presente completa 70 anos ininterruptos de interpretação coral de repertório sacro e profano. “Um coro que está sempre presente em tudo o que são as grandes organizações desta arte coral no nosso concelho. Tem também organizado eventos de relevo na cidade”, reforçou Aures Pereira.

Outro dos destaques da Reunião do Executivo vai a aprovação da Estratégia Local de Habitação, que assenta num diagnóstico que identificou as situações a resolver, que envolve um investimento global de 26 milhões de euros e que abrange 232 agregados familiares, correspondentes a 543 pessoas. No seu conjunto pretende abranger cerca de mil pessoas. Para o Edil, do ponto de vista social, “prevê-se a construção de habitações condignas tal como está na constituição, direito à habitação. O objectivo do programa é que nos 50 anos do 25 de Abril, não haja ninguém a viver em habitação que não seja condigna”.

A intenção é também criar condições para atrair e fixar mais residentes no concelho. A Estratégia Local de Habitação seguirá para votação na próxima Sessão da Assembleia Municipal, de 20 de Junho.

A propósito da erosão costeira da praia da Estela, que levou o Município a reunir com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), foi aprovado o envio de uma carta ao Ministro do Ambiente, a dar conhecimento da preocupação da autarquia com os riscos e danos irreparáveis que uma possível rutura da barreira dunar possa trazer à produção agrícola de toda a área a nascente do Estela Golf.
 Aires Pereira destacou “a importância de promover uma intervenção que, não só salvaguarde a sustentabilidade do meio ambiente e ecossistema marinho, como faça com que haja mais segurança naquela zona e fundamentalmente que se assegure a prática agrícola. Se a barreira dunar for quebrada teremos um problema muito sério para a actividade agrícola, que está bastante abaixo da quota do mar naquela zona e pode colocar em causa a sustentabilidade de mais de 10 mil pessoas, que vivem daquela actividade, nas freguesias da Estela Aguçadoura e Navais”.
 
A Horpozim, enquanto associação que representa os horticultores da região, que mais produtos fazem chegar à Galiza e Douro Litoral, partilhou o alerta dado pela autarquia e juntou as suas contribuições à carta a remeter ao Governo.

Em relação às Festas de São Pedro, o Presidente da Câmara revelou que, em tempos de pandemia e restrições, foi contactado o Porto Canal, que irá preparar em conjunto com as Associações locais e com o apoio do Município, a emissão televisiva de dois momentos de grande importância para os poveiros: a noitada com a actuação das rusgas, que será gravado no Pavilhão Municipal, sendo que cada ruga sénior será composta por 12 pares, e um programa sobre as tradições de cada bairro. Não haverá iluminação nem qualquer acontecimento de rua.

Por fim foi aprovado o Regulamento Municipal do Parque de Estacionamento do antigo Quartel, que deverá ser inaugurado no Dia da Cidade, a 16 de Junho.

partilhar Facebook
784/DSC_5006Luis-Leal_.jpg
784/003-DSC_5322.jpg
784/001-Luís-Leal-DSC_5004.jpg
14/aires_P2.jpg
Banner Publicitário