Voz da Póvoa
 
...

I Campeonatos Mundiais Escolares de Desporto Adaptado

I Campeonatos Mundiais Escolares de Desporto Adaptado

Local | 1916 | 10 Julho 2019

A Póvoa de Varzim foi a cidade escolhida para receber a primeira edição dos Campeonatos Mundiais Escolares de Desporto Adaptado, que teve início no domingo e decorre até à próxima sexta-feira, uma organização conjunta da Direcção-Geral da Educação e da Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, em parceria com a ISF – International School Sports Federation. Participam nestes campeonatos atletas da Croácia, Eslováquia, França, Grécia, Inglaterra e Portugal. A competição desenrola-se em três modalidades: Atletismo (Estádio Municipal), Boccia (Pavilhão Municipal) e Goalball (Pavilhão da Secundária Rocha Peixoto), nos géneros feminino e masculino, para jovens nascidos entre 2001 e 2005. As equipas são constituídas por: Atletismo – 3 rapazes, 3 raparigas com Deficiência Intelectual; Boccia – 3 a 5 atletas (pelo menos um com deficiência motora, em cadeira de rodas); Goalball – 3 a 6 atletas (pelo menos um cego ou com baixa visão). Luís Diamantino, vice-presidente da Câmara Municipal, reconheceu ser um orgulho para a Póvoa de Varzim acolher a primeira edição dos Mundiais Escolares de Desporto Adaptado: “Temos uma cidade plana e que foi alvo de uma profunda transformação ao nível da mobilidade e das acessibilidades. Para além disso, temos uma estreita relação com o Desporto Escolar, com diversos campeões nas mais variadas modalidades, e possuímos excelentes infraestruturas para a prática desportiva. Por tudo isto, a que se junta o saber bem receber quem nos visita, estou certo que as comitivas das selecções presentes vão levar excelentes recordações da Póvoa de Varzim”. Cerca de meio milhar de pessoas vão marcar presença neste evento. Rui Carvalho, coordenador nacional do Desporto Escolar, começou por afirmar que a Póvoa de Varzim é uma cidade com características únicas no país: “É difícil encontrar uma cidade plana, onde os deficientes podem deslocar-se com facilidade, por isso a Póvoa de Varzim já acolheu diversas competições no que toca ao desporto adaptado. Para além disso, desde a primeira hora, contamos com o enorme apoio da autarquia, das escolas e das unidades hoteleiras. É uma grande honra para Portugal ser o país anfitrião dos primeiros Campeonatos do Mundo de Desporto Adaptado. Quisemos ser pioneiros, sabendo que a responsabilidade é enorme, mas estamos certos que vai ser um sucesso”. Mais importante que os resultados desportivos, é a formação, o convívio e o intercâmbio cultural, reforçou Rui Carvalho: “Teremos uma prova de orientação, para todos os participantes, e as comitivas também vão poder participar nas actividades aquáticas, na piscina e no mar. É importante o convívio entre os alunos dos vários países, bem como a possibilidade de usufruírem da gastronomia e cultura da Póvoa de Varzim”.
partilhar Facebook
Banner Publicitário