Voz da Póvoa
 
...

Entrega de Certificados aos Formandos do “Clube de Reparadores”

Entrega de Certificados aos Formandos do “Clube de Reparadores”

Local | 21 Março 2022

A biblioteca de praia Diana Bar acolheu, no dia 16 de Março, a sessão de entrega de certificados aos formandos do “Clube de Reparadores”, um projecto criado no ano passado, pela Delegação da Cruz Vermelha da Póvoa de Varzim em parceria com a Câmara Municipal e a LIPOR, que visa a implementação conjunta e local do projecto Incubadora de Ativação Social (IncubAS).

Lançado a 30 de Abril de 2021, o balanço é extremamente positivo tanto a nível social como ambiental, a formação e integração profissional de desempregados proporcionou o reaproveitamento de resíduos eléctricos e electrónicos, recuperando equipamentos usados e avariados que de outra forma iriam parar no lixo.

O formador, Filipe Bernardino, agradeceu aos responsáveis “terem aceitado a nossa proposta de criarem um ‘Clube de Reparadores’ na Póvoa de Varzim. Com certeza que inicialmente tinham uma perspectiva do que isto seria, hoje têm a realidade de que somos muito mais do que aquilo que éramos. Durante a formação dotámos os colegas com conhecimentos básicos para iniciarem a reparação. Temos que desmistificar aquela ideia de que, quando os aparelhos avariam são imediatamente para deitar fora. Nós aqui, damos-lhes vida nova”.
  
Os certificados da acção de formação foram entregues a José Eusébio, Leonardo Paulino, Manuel Veiga e Rui Neves.

Para a Presidente da Delegação da Cruz Vermelha da Póvoa de Varzim, Luísa Tavares Moreira, “este projecto foi lançado antes do problema gerado pela pandemia, mas acabou por, de certa forma, responder a algumas das necessidades face às consequências geradas pelo Covid-19. Daí, uma das nossas preocupações ser a aproximação aos desempregados e aos jovens. Preocupamo-nos com a formação e as competências sociais e profissionais para os desempregados, apoiá-los e capacitá-los para as necessidades do mercado de trabalho”. E conclui: “Este é o caminho certo”.

Por seu lado o Presidente da Câmara Municipal, Aires Pereira frisou que a situação do mundo actual nos diz que “cada vez mais nos temos que preparar para aquilo que desconhecemos. É através da formação de competências que podemos enfrentar os desafios do futuro”, lembrando que, “a nossa comodidade há-de, naturalmente, ser afectada pela força das circunstâncias. Antes desta guerra, as nossas preocupações eram as alterações climáticas e os galopantes preços da energia que colocavam-nos novos desafios”. Há uma necessidade premente de se promover uma mudança de mentalidades face ao consumismo e desperdício de recursos naturais, que são esgotáveis e essenciais “para deixarmos um planeta sustentável para as próximas gerações”, refere o Edil.

E acrescenta que o projecto “Clube de Reparadores”, permite “capacitar pessoas para a recuperação de um conjunto alargado de electrodomésticos que, nesta primeira fase, são entregues a instituições que têm carência deste tipo de equipamentos, mas poderão no futuro aparecer no mercado como produtos recuperados a baixo preço. É muito importante reutilizar estes materiais. Este é um esforço de todos!”

Aires Pereira não deixou de enviar um recado com direcção local: “As capacitações do Centro de Emprego são de esferográfica, só servem para enganar os números e para dizer que as pessoas estão em formação consequentemente, mas do ponto de vista das capacidades para entrar no mercado de trabalho, não servem para nada. Aqui, na Cruz Vermelha, as capacitações adquiridas permitem que as pessoas fiquem com novas competências, e das quais nós estamos carenciados”.

Durante a sessão de entrega de certificados aos formandos, foi assegurada a continuidade do projecto “Clube de Reparadores” com a assinatura do protocolo de mediação social pela Presidente da Delegação da Cruz Vermelha, Luísa Tavares Moreira, e pelo CEO da LIPOR, Fernando Leite.

partilhar Facebook
Banner Publicitário