Voz da Póvoa
 
...

Casino Pondera Reintegração dos Quatro Funcionários

Casino Pondera Reintegração dos Quatro Funcionários

Local | 16 Abril 2021

Os quatro trabalhadores do Casino da Póvoa de Varzim, que tinham sido despedidos em Março de 2014, respondendo à decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) que obriga a entidade patronal à reintegração, apresentaram-se na segunda-feira ao trabalho, mas a sua readmissão ainda não aconteceu. A Varzim Sol, empresa concessionária do Casino da Póvoa, ainda avalia a possibilidade de recorrer do acórdão judicial.

Os quatro funcionários que se fizeram acompanhar por Francisco Figueiredo, responsável do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria de Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Norte, integraram um grupo com 20 elementos que contestou nos tribunais o seu despedimento, mas ainda não tinham sido reintegrados ou chegado a qualquer acordo com a empresa. Quem também acompanhou os trabalhadores à porta do Casino, foram alguns elementos da Concelhia do PCP/Póvoa de Varzim.
 
O Sindicato não tem dúvidas que o acórdão proferido a 24 de Março é bem claro e o recurso pretende apenas alongar o tempo que obriga à reintegração dos trabalhadores.
 
A Varzim Sol, em comunicado explicou que os quatro trabalhadores não foram integrados porque a sentença do Supremo Tribunal de Justiça ainda não transitou em julgado. Salientando que o Casino encontra-se encerrado por decisão governamental, devido à pandemia, mas revela que “logo que a sentença transite em julgado, os 4 colaboradores serão reintegrados na empresa com os direitos e obrigações iguais aos dos restantes colaboradores”.

partilhar Facebook
771/IMG_2849.JPG
771/IMG_2859.JPG
771/IMG_2824.JPG
771/IMG_2842.JPG
Banner Publicitário