Voz da Póvoa
 
...

Casino da Póvoa Contrata Duas Utentes do MAPADI Instituição Poveira Festeja o São Pedro e a Inclusão Social Laboral

Casino da Póvoa Contrata Duas Utentes do MAPADI Instituição Poveira Festeja o São Pedro e a Inclusão Social Laboral

Local | 1915 | 3 Julho 2019

Foi em clima de festa e de partilha que o MAPADI - Movimento de Apoio de Pais e Amigos ao Diminuído Intelectual reuniu entidades parceiras e convidados para celebrar o São Pedro. Se à mesa as sardinhas, as fêveras e o caldo verde fizeram as delícias dos convivas, foi de coração cheio que todos puderam assistir à exibição da Rusga do MAPADI, que cantou e dançou músicas alusivas ao santo pescador e que serviu de aperitivo para o Espectáculo das Rusgas, no Estádio do Varzim, no próximo sábado. Este ano houve um duplo motivo para festejar. Na sequência da realização de um estágio, o Casino da Póvoa assinou contratos de trabalho com duas utentes do MAPADI, um exemplo de responsabilidade social e de inclusão laboral. “Todos os anos reunimos os nossos parceiros num almoço, de comemoração do São Pedro, para agradecer o apoio e incentivar à prossecução deste percurso que visa potenciar as capacidades do cidadão com deficiência, com vista à sua inclusão na comunidade, não apenas física e psicológica, mas também laboral. E hoje recebemos uma prenda muito especial, já que firmamos dois contratos de trabalho com a administração do Casino da Póvoa. Na sequência de um estágio realizado na empresa, que permitiu avaliar as capacidades das nossas utentes, o Casino da Póvoa contratou uma ajudante de faturação do refeitório e uma ajudante de copa. O Casino da Póvoa reconheceu nestas utentes capacidades para desempenhar as funções para as quais foram agora contratadas, um exemplo a seguir no âmbito da inclusão social e laboral, que merece ser reconhecido e seguido por outras empresas”, afirmou o presidente da instituição, António Ramalho. No ano passado, o MAPADI foi distinguido a nível nacional como Entidade Empregadora Inclusiva, pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional. Este ano, a instituição poveira voltou a concorrer, está apurada para a segunda fase de candidaturas, e espera ser reconhecida com o grau de Excelência. “Existimos para dar formação aos nossos jovens, no âmbito da escolaridade e formação profissional, contribuindo para a sua integração plena na comunidade e no mercado de trabalho. A distinção de Entidade Empregadora Inclusiva é o corolário do trabalho que temos desenvolvido, em parceria com os nossos parceiros e as entidades empregadoras que apostam nos cidadãos com deficiência, potenciando as suas capacidades”. António Ramalho concluiu: “A Câmara Municipal é o nosso maior parceiro, incorporando nos seus quadros cidadãos com deficiência, e lançamos o desafio para que outras empresas da nossa comunidade sigam o exemplo e formalizem protocolos com o MAPADI para a realização de estágios de formação, que permitam fazer a avaliação das capacidades dos nossos utentes, com vista à sua empregabilidade”. Refira-se ainda que a ocasião foi aproveitada pelo Rangers da Póvoa Clube para a entrega da receita da 3ª edição da Taça da Póvoa de Paintball 2019 ao MAPADI.
partilhar Facebook
9/Entrega-da-receita-da-3ª-edicao-da-Taca-da-Povoa-de-Paintball-(extra).jpg
9/MAPADI-reuniu-os-parceiros-e-festejou-o-Sao-Pedro.jpg
9/Rusga-do-MAPADI.jpg
Banner Publicitário