Voz da Póvoa
 
...

Os Investimentos nas Freguesias Mereceram Nova Visita

Os Investimentos nas Freguesias Mereceram Nova Visita

Geral | 16 Abril 2021

A última semana serviu para o presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, fazer um périplo pelas obras em curso nas freguesias de Rates, Estela e Aguçadoura, mas também identificar necessidades.

Na Estela, o Inverno fez das suas e alguns os pavimentos de arruamentos precisam ser reabilitados com a maior brevidade possível, o que implicará um investimento de cerca de 500 mil euros, reconheceu Aires Pereira: “Este esforço financeiro adicional por parte da Câmara Municipal é vital para garantir a qualidade dos acessos e ligações à Estela e, também, para valorizar alguns pontos da freguesia que merecem ser melhorados, como é o caso do Lugar do Teso e do Lugar do Outeiro”.

A visita serviu também para ouvir moradores, que gostariam de ver reforçado, em alguns pontos da freguesia, o número de ecopontos, tendo recebido resposta positiva da Câmara Municipal.
Na visita feita à Vila de São Pedro de Rates, o destaque vai para a instalação da rede de saneamento que praticamente concluída. Por outro lado é visível a intervenção em alguns arruamentos já terminada, mas está também prometida a pavimentação das Ruas da Escola Nova, Vale Maior e Via Sacra, obras que deverão arrancar em breve, sendo três meses necessários para a sua conclusão. Algumas ruas, também deverão ser reabilitadas de estragos provocados pelo Inverno.

Estas visitas foram conduzidas pelos presidentes de Junta da Estela e de Rates, José Armandino e Paulo João, respetivamente.

Na freguesia de Aguçadoura arrancaram as obras de requalificação ambiental das ribeiras da Barranha e das Pedras Negras. Estas intervenções promovidas pelo Município no âmbito de um contrato inter-administrativo celebrado com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA), terão a duração prevista de quatro meses e vão permitir um aumento da resiliência dos ecossistemas costeiros aos efeitos das alterações climáticas.

Em relação à reabilitação fluvial, Aires Pereira adiantou que “esta recuperação ambiental de duas ribeiras em Aguçadoura faz parte de uma estratégia, que temos vindo a adotar desde há muito, no âmbito da valorização das linhas de água do nosso concelho”.

No comunicado da autarquia pode ler-se que as obras a efectuar compreendem ações de limpeza de vegetação “infestante”, consolidação e renaturalização das margens e melhoria dos habitats com plantação de exemplares de vegetação autóctone e recurso a técnicas de engenharia natural; abrindo-se lugar à recuperação dos perfis naturais dos troços dos ribeiros litorais, à valorização das galerias ripícolas e à criação de corredores ecológicos. Razões suficientes para ver os rios e ribeiras com olhos do antigamente.

 

partilhar Facebook
765/008.jpg
765/036.jpg
Banner Publicitário