Voz da Póvoa
 
...

Correio do Leitor

Correio do Leitor

Correio do Leitor | 1915 | 3 Julho 2019

As novas acessibilidades para peões e ciclistas são de uma utilidade inegável, permitindo efetuar trajetos dentro da cidade, com benefício para todos. No entanto, julgo que um pormenor não foi convenientemente contemplado. É que em alguns dos troços, essas acessibilidades atravessam arruamentos destinados a veículos.

Esses atravessamentos estão demarcados como passadeiras, conferindo aos peões um direito e aos veículos a obrigatoriedade de paragem. Mas e quanto aos ciclistas? Estes não têm prioridade nas passadeiras!

Alguns, e já tem acontecido, julgando-se numa pista de ciclismo, por vezes em alta velocidade, percorrem as passadeiras provocando acidentes, de que naturalmente serão os mais prejudicados. 

Eu sugeria uma solução semelhante à encontrada para alguns arruamentos da nossa cidade. A implantação de lombas nessas acessibilidades, com a colocação de sinal de Stop no piso, sempre que se aproximassem de arruamentos. Sei que essa obra teria sido mais fácil na altura da construção, mas se vier a salvar vidas terá sempre razão de ser.

Aproveito para enviar uma foto de uma das situações, talvez a mais gravosa, em que o utente ciclista virá de uma curva sem qualquer visibilidade.

partilhar Facebook
Banner Publicitário