Voz da Póvoa
 
...

Covid-19: Orientações para Empresas

Covid-19: Orientações para Empresas

26 Março 2020 | 18:07

 Publicamos o seguinte comunicado da Unidade de Saúde Pública do ACES Póvoa de Varzim/Vila do Conde.

Atendendo à situação epidémica atual, somos a alertar para o seguinte:

*  Os recursos humanos e a organização interna das atividades devem ser reestruturadas por forma a ser assegurado o seguinte:

*   O número de trabalhadores de cada turno deve ser reduzido ao mínimo necessário para o cumprimento das tarefas imprescindíveis; os trabalhadores não escalados devem manter distanciamento social para que, quando necessário, possam assumir as funções;

*   Devem ser evitadas as trocas de turno presenciais, o contacto entre os trabalhadores dos diferentes turnos deve ser reduzido ao mínimo imprescindível;

*   Implementação de mecanismos de comunicação alternativos (telefone e/ou em suporte electrónico) para a troca de informação entre os trabalhadores das equipas essenciais para a manutenção das atividades imprescindíveis e entre trabalhadores de diferentes áreas/ serviços, visando a diminuição de suportes físicos;

*   Desinfecção adequada de equipamentos partilhados pelos trabalhadores;

*   Reforço da higienização das instalações, nomeadamente as instalações sanitárias e todas as áreas de utilização comum (os balneários e o refeitórios devem ser usados separadamente pelos diferentes turnos/ equipas e as áreas higienizadas entre os mesmos)

*   Redução ao mínimo essencial do acesso de profissionais externos à empresa/ serviço, por exemplo, profissionais de manutenção, informática e/ou fornecedores, etc; estes acessos deverão ser registados e os profissionais deverão tomar as medidas preventivas preconizadas.

*   Manutenção de distanciamento social , promovendo uma separação entre diferentes equipas/ serviços, por exemplo: desfasamento de horários no acesso ao serviço, nas refeições e na saída; condicionamento no uso de instalações sanitárias (cada equipa usa uma instalação pré - determinada).

*   Implementar a auto monitorização diária dos profissionais (Medição da temperatura corporal e auto avaliação de sintomas duas vezes por dia)

Luís Castro
Delegado de Saúde Coordenador

partilhar Facebook
Banner Publicitário