Voz da Póvoa
 
...

Um Café Com… Miguel Ribeiro

Um Café Com… Miguel Ribeiro

Local | 1931 | 6 Novembro 2019

Nome: Miguel Júlio Festa Pereira Ribeiro

Idade: 44 anos.

Signo: Gémeos.

Actividade: Empresário.

Livro: ‘Está Tudo F*dido’ de Mark Manson.

Música: U2.

Filme: ‘Crime do Padre Amaro’ realizado por Carlos Coelho da Silva. É um filme muito polémico, adaptado da obra homónima de Eça de Queiroz, por Vera Sacramento.

Personalidade: Pedro Passos Coelho.

Ilustre Poveiro: Aires Pereira.

A Mulher Mais Sexy do Mundo: A minha.

Um jantar com: Barack Obama.

Prato e Bebida: Gosto de uma boa posta de carne de raça autóctone portuguesa, acompanhada por um bom espumante.

Um Restaurante: Solar dos Presuntos, em Lisboa.

Carro de Sonho: Porsche.

Perfume: Bal D’Afrique.

Uma Marca: Louis Vuitton.

Cor: Azul.

Clube: Varzim SC e FC do Porto.

Canal Televisivo: SIC e TVI.

Rádio: Onda Viva.

Se fosse um instrumento era: Um Piano.

Um Animal: Periquito.

Tempos Livres: Não tenho.

Um destino para férias: India.

Cidades que o fascinam: Nova Deli, na India, e Buenos Aires, na Argentina.

Sente-se indignado: Com a falta de carácter das pessoas.

Um sorriso: Pelos que também sabem sorrir.

Uma virtude: Dou a camisola pelo amigo.

Um defeito: Não sou fácil de vergar. Sou de convicções fortes, mas tenho que reconhecer que também é importante saber ouvir.

Adoro: Viajar.

Detesto: Pessoas falsas e sem escrúpulos.

O que mudava em si: O peso. Uns quilinhos menos.

Um adversário: Eu próprio.

Um aplauso: Ao meu Pai.

O que mais o impressionou: A fé do seleccionador nacional Fernando Santos, quando fomos campeões da Europa.

O que ainda não fez que gostava de ter feito: Visitar Nova Iorque.

Sente Orgulho: No meu Pai.

Saudades: Da minha avó paterna.

Uma Memória de Infância: Quando o meu avô Jacinto me ensinou a andar de mota. Uma aprendizagem sem tombos.

8ª Maravilha: Tudo aquilo que o presidente Aires Pereira tem feito em prol da sociedade poveira. É preciso que os poveiros saibam usufruir das infraestruturas que têm sido criadas ao longo dos anos pela autarquia. Há sem dúvida uma preocupação com o bem-estar de todos os poveiros.

Se me saísse o Euromilhões: Continuava a fazer o que faço, porque penso que este é o caminho, mas ajudava muito mais o Varzim.

A minha maior aventura: Devolver o Varzim aos sócios e à cidade.

A minha maior loucura: Conduzir sem carta.

A Póvoa e os Poveiros: A Póvoa é a minha cidade de eleição. Os Poveiros são pessoas com raça e muita alma.

Se eu fosse presidente da Câmara: Dava continuidade ao que está a ser feito.

Carnes São José: É uma grande empresa, construída pelo meu pai, onde cresci e me posso orgulhar daquilo que sou hoje como empresário. Dar continuidade ao que foi feito e continuar a crescer são os objectivos.

Uma frase: Gosto do provérbio ‘Cá se fazem, cá se pagam’.

Um Ala-Arriba: Pela Póvoa e pelo Varzim.

José Peixoto


Leia a notícia na íntegra na edição impressa

partilhar Facebook
Banner Publicitário