Voz da Póvoa
 
...

OS SENHORES DOS COMPUTADORES

OS SENHORES DOS COMPUTADORES

Opinião | 26 Fevereiro 2021

A nossa casa, a nossa rua, o nosso bairro, o nosso café favorito, tudo é redefinido como um panfleto turístico ao vivo, alvo de vigilância e mina de prospecção, objecto de inspecção universal e expropriação comercial.

O mundo foi conquistado, está de joelhos e é apresentado pela Google e pelo Facebook. Com efeito, as multinacionais da computação ultrapassam o próprio poder político em termos de controlo das populações. Vigiam-nas continuamente. Conhecem os seus gostos, sentimentos e comportamentos. Manipulam-nas quase na totalidade. É preciso que tomemos consciência do capitalismo da vigilância. Só assim voltaremos a ser homens de corpo inteiro. Só assim derrotaremos a máquina.

António Pedro Ribeiro – Sociólogo, poeta, cronista e muito mais

 

partilhar Facebook
Banner Publicitário