Voz da Póvoa
 
...

A Noite Borel Mágica de Nego

A Noite Borel Mágica de Nego

Cultura | 1915 | 3 Julho 2019

Nego do Borel aqueceu a noite poveira e o vento que empurrava frio de norte até serviu para temperar os corpos na dança. O actor e cantor brasileiro do género Funk Melody e Funk Carioca, perante uma plateia incontável de gente, que se estendeu pelo jardim e toda a área frontal ao Casino, fez uma viagem pelos seus mais reconhecidos sucessos, não deixando de mostrar o que tem feito nos últimos tempos. Há canções para agarrar os corações mesmo quando tem por título “Me Solta”. Pode chegar, pode chegar / Que a festa vai começar / Sabe aonde você tá? / Naquele lugar que tu ouviu falar / Aonde tu senta, aonde tu sobe / Aonde tu desce, aonde que tu rebola / Sabe aonde você tá? / É no Baile da Gaiola / Ai, me solta, porra! E o São Pedro soltou do cais o barco e das redes a sardinha, mas sempre com a intenção de ouvir “Não me deixe sozinho” ou ainda mais acalorado pelas fogueiras do amor “Você partiu meu coração”. A multidão não parou de dançar e de aplaudir Nego de Borel, que também não vai esquecer o acalorado público que o recebeu. Leno Maycon Viana Gomes nasceu no Rio de Janeiro, em 1992, mas é como Nego do Borel que arrasta multidões. O cantor iniciou a estada artística como actor na novela Malhação, mas é no palco que se sente, como fez questão de repetir. Na sua ainda curta carreira já gravou três álbuns, um DVD e vários singles.

partilhar Facebook
9/IMG_2481.jpg
9/(extra).jpg
9/006.jpg
Banner Publicitário