Voz da Póvoa
 
...

Centro de Triagem COVID-19

Centro de Triagem COVID-19

27 Março 2020 | 15:20

O Centro de Triagem COVID-19, localizado no edifício do antigo armazém militar, contíguo ao hospital da Póvoa de Varzim, vai entrar em funcionamento na próxima segunda-feira.
 
O presidente da Câmara Municipal visitou esta sexta-feira as obras de adaptação e montagem dos equipamentos. Aires Pereira avançou que este Centro vai ter uma área de entrada e triagem e uma outra área exclusivamente reservada para as pessoas que testarem positivo ao novo coronavírus COVID-19.
 
“Devemos isolar o nosso hospital, até porque há outros utentes a precisar de cuidados médicos. Nesse sentido, e de acordo com o que foi atempadamente acertado com as estruturas de saúde, vamos ter um Centro de Recepção e Triagem a doentes COVID no edifício contíguo ao hospital”, explicou o autarca.
 
Noutro âmbito, avançou Aires Pereira, o Município da Póvoa de Varzim disponibilizou em exclusivo ao Centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do Conde um hotel na Av. Mouzinho de Albuquerque, “para que todos os profissionais de saúde possam ter um sítio para descansar, tomar um banho ou trocar de roupa”. 
 
À Câmara Municipal da Póvoa de Varzim também têm chegado muitos equipamentos de protecção e a autarquia já procedeu à distribuição de 360 máscaras e 318 viseiras pelos profissionais de saúde do Centro Hospitalar, bem como pelas instituições de âmbito social, como lares.
 
A propósito da falta de equipamentos de protecção individual para os profissionais de saúde, uma carência generalizada em todo o país, Aires Pereira referiu: “Carência de equipamentos haverá sempre, já que os que existem nunca serão os suficientes. Portanto, é natural que o nosso Centro Hospitalar se queixe da falta de equipamentos e, nesta fase mitigação, em que são depositários de testes, também se queixe de não ter testes suficientes. É um problema que existe em todo o país e ainda recentemente a Ordem dos Médicos, a Ordem dos Enfermeiros e a Ordem dos Farmacêuticos voltaram a alertar para esta questão, no sentido de haver mais celeridade na entrega dos equipamentos de protecção aos profissionais das unidades de saúde”.
 
A terminar, o autarca fez um apelo a todos os poveiros: “Fiquem em casa e restrinjam ao máximo a sua presença na via pública”.
partilhar Facebook
297/1_12.34.20.jpg
297/2.JPG
297/3.JPG
Banner Publicitário