Geral

Revisitar a Escola de Antigamente

Exposição

Há experiências que nos marcam pela vida fora e inevitavelmente a escola é uma delas. Relembrar esses tempos traz-nos à memória professores, colegas, vivências e objectos. Foi para que pudesse viajar no tempo, que a associação Museu Memórias Únicas e a Ontem Design inauguraram, na quinta-feira, uma exposição, no café Schmits, de alguns materiais escolares e brinquedos didácticos do seculo XX.

Para o presidente da Museu, Mário Linhares, o principal objectivo passa pela divulgação das memórias colectivas ou individuais: “Iniciamos este projecto, Museu Memórias Únicas, na Póvoa de Varzim, mas pretendemos levar esta ideia para outras localidades. Em Novembro, no Porto e em Coimbra, vamos organizar uma exposição deste género. Este projecto de divulgação de objectos que fizeram parte do nosso quotidiano é comum a todos nós, faz parte das nossas memórias colectivas. A outra parte interessante destas exposições é poder levá-las a locais que não são os mais habituais. Neste caso, o cliente do espaço comercial quando entra depara-se com esta exposição. A surpresa do próprio local acaba por ter um impacto muito positivo”.

Os objectos expostos fazem parte da colecção particular de Mário Linhares. “Sou um apaixonado pelas minhas memórias, que acabam por ser as de toda a gente que viveu o meu tempo. Há, no entanto, objectos que ultrapassam de longe o meu tempo. É uma paixão que fui recolhendo ao longo dos anos. Sempre que via um objecto com o qual me identificava, gostava de o guardar e fui-me apaixonando cada vez mais ao ponto de o comprar. Gosto de materializar as memórias”, revela o presidente da Museu Memórias Únicas, uma associação sem fins lucrativos.

Leia a notícia na íntegra na edição impressa.