Breves

Pesca da Sardinha
A Comissão Europeia atribuiu a Portugal uma quota de sardinha que permitirá a captura de 9.709 toneladas este ano, sendo que metade dessa quantidade terá de ser pescada até ao final de Julho. Espanha fica com 4.891 toneladas, ou seja, 33 por cento do Plano de Recuperação da espécie proposto pelos dois países para os próximos cinco anos. O Ministério do Mar informou que a estratégia vai ser ainda apreciada pelo Conselho Internacional para a Exploração do Mar. A Associação das Organizações de Produtores da Pesca (ANOP) do Cerco saudou a decisão da Comissão Europeia, mas tem a expectativa que a quota possa aumentar até às 15 mil toneladas em Julho, lembrando que o cruzeiro científico realizado em Dezembro passado, pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), apontou para a existência de 120 mil toneladas de sardinha entre Caminha e o Cabo Espichel, ou seja, um acréscimo de 110 por cento face à biomassa que tinha sido avaliada em dezembro de 2016 (57 mil toneladas).

Detidos em Espanha
A Polícia Judiciária informou que foi entregue às autoridades nacionais a mulher que, em Fevereiro de 2016, na freguesia da Estela, na Póvoa de Varzim, ajudou a disparar sobre um homem que acabou por ficar tetraplégico. Em comunicado, a PJ informa que a suspeita foi detida em Espanha, ao abrigo de um Mandado de Detenção Europeu, emitido pela Justiça Portuguesa, depois das diligências efectuadas terem reunido provas materiais do seu envolvimento no crime de co-autoria de homicídio na forma tentada. A mulher, estrangeira, com 30 anos de idade, terá, na versão das autoridades, agido em “conjugação de esforços” com um cidadão português, de 21 anos. Ambos surpreenderam a vítima no interior do armazém onde este trabalhava e o homem acabou por ser baleado gravemente no pescoço. Refira-se que o casal foi detido nas localidades galegas de Ferrol e de Ourense, depois de passar por várias etapas da justiça espanhola, inclusive a Audiência Nacional em Madrid, que os entregou sob custódia a Portugal. aquando da detenção, a imprensa galega e o Jornal de Notícias adiantaram que a mulher foi considerada cúmplice de conduzir o carro em que ambos fugiram do local, mas terá sido o homem a disparar a arma.

Incêndio em Navais
Os Bombeiros da Póvoa de Varzim foram chamados a combater um incêndio habitacional na freguesia de Navais ao início da tarde de quinta-feira. O alerta chegou ao quartel pelas 14,13 horas, dando conta de fogo numa casa na rua do Outeiro. Para o local foram mobilizados 12 elementos e cinco viaturas, tendo a situação ficado controlada em cerca de meia hora. Apenas se registaram danos em dois automóveis e nalguns pertences.

Estas e outras notícias na edição impressa.