Breves

Sector Leiteiro em Debate
O PCP promove, esta sexta-feira, a partir das 15 horas, no salão nobre do Centro Social Bonitos de Amorim, na Póvoa de Varzim, uma audição sobre o sector leiteiro, que vai contar com as participações de João Frazão, membro da Comissão Política do Comité Central do PCP, e de Miguel Viegas, deputado do PCP no Parlamento Europeu. Numa altura em que se discute a revisão da Política Agrícola Comum (PAC), ao mesmo tempo que estão em curso negociações sobre um conjunto de acordos de livre comércio com o Mercosul (mercado da América do Sul), Nova Zelândia e Austrália, o PCP entende ser importante debater com os produtores o momento actual do sector, os problemas estruturais da agricultura e quais as medidas necessárias para defender a pequena e média agricultura e produção. O PCP apela à participação dos produtores e suas organizações neste debate.

Cuidados Paliativos
No próximo sábado, assinala-se o Dia Mundial dos Cuidados Paliativos e o Centro Hospitalar Póvoa de Varzim/Vila do Conde (CHPVVC) vai realizar uma sessão comemorativa e de esclarecimento intitulada “Cuidados Paliativos: A Essência do Cuidar”. A iniciativa vai decorrer no Diana Bar, entre 09,30 e as 12,30 horas, e é aberta ao público em geral. O jornalista João Ricardo Pateiro vai moderar uma conversa entre a Equipa Intra-Hospitalar de Suporte em Cuidados Paliativos do CHPVVC e a assistência, em parte constituída por famílias e cuidadores que vão partilhar as suas próprias experiências.

Onda de Assaltos
Os automóveis foram o alvo da onda de assaltos que aconteceram na Póvoa de Varzim e Vila do Conde na passada sexta-feira à noite. Só a PSP registou 13 casos de furtos de valores que se encontravam no interior das viaturas, sete na Póvoa e seis em Vila do Conde, e apenas num curto período de duas horas. O método para a prática dos crimes foi semelhante em todos os casos. Os larápios destruíam os vidros da parte traseira dos automóveis para garantir o acesso ao seu interior e o roubo de objectos de valor. A PSP, que tem a investigação sob a sua alçada, tem registo de furto de carteiras, moedas, rádios, documentos e telemóveis.

Estas e outras notícias na edição impressa.